quarta-feira, 20 de junho de 2007

Reentrada na Blogoesfera

A reentrada na blogoesfera não é fácil, a temperatura aumenta a cada segundo, os isolamentos de cerâmica, até o momento estão preservados . . .
Após um período de grande turbulência profissional, reentramos na blogosfera para buscar o relaxamento após um dia de grande carga de estresse.
Outro objetivo diz respeito à conquista de novas amizades, como as até aqui conquistadas: Marinês, Ivan, Davi, Rocha, Luciane, entre outras.
Aproveito para lembrar os amigos que ontem (19/06) foi o aniversário do grande poeta Chico Buarque.
E para homenageá-lo, transcrevo uma das belas letras de suas músicas:





Mulheres de Atenas


Chico Buarque - Augusto Boal




Mirem-se no exemplo daquelas mulheres de Atenas
Vivem pros seus maridos, orgulho e raça de Atenas
Quando amadas, se perfumam
Se banham com leite, se arrumam
Suas melenas
Quando fustigadas não choram
Se ajoelham, pedem, imploram
Mais duras penas
Cadenas
Mirem-se no exemplo daquelas mulheres de Atenas
Sofrem pros seus maridos, poder e força de Atenas
Quandos eles embarcam, soldados
Elas tecem longos bordados
Mil quarentenas
E quando eles voltam sedentos
Querem arrancar violentos
Carícias plenas
Obscenas
Mirem-se no exemplo daquelas mulheres de Atenas
Despem-se pros maridos, bravos guerreiros de Atenas
Quando eles se entopem de vinho
Costumam buscar o carinho
De outras falenas
Mas no fim da noite, aos pedaços
Quase sempre voltam pros braços
De suas pequenas
Helenas
Mirem-se no exemplo daquelas mulheres de Atenas
Geram pros seus maridos os novos filhos de Atenas
Elas não têm gosto ou vontade
Nem defeito nem qualidade
Têm medo apenas
Não têm sonhos, só têm presságios
O seu homem, mares, naufrágios
Lindas sirenas
Morenas
Mirem-se no exemplo daquelas mulheres de Atenas
Temem por seus maridos, heróis e amantes de Atenas
As jovens viúvas marcadas
E as gestantes abandonadas
Não fazem cenas
Vestem-se de negro, se encolhem
Se conformam e se recolhem
Às suas novenas
Serenas
Mirem-se no exemplo daquelas mulheres de Atenas
Secam por seus maridos, orgulho e raça de Atenas



1976 © by Cara Nova Editora Musical Ltda.
Foto do Felipe Panfili

2 comentários:

Ivan Daniel disse...

Salve Bruno!
Que surpresa excelente!
É com muita alegria que vou agora mesmo colocar o novo link do Direito & Esquerdo.
Fantástico esse teu retorno, meu amigo.
Um forte abraço!

citadinokane disse...

Fale irmão!
Aqui de Plutão, vejo tudo...
Vejo o retorno inevitável, há muita inquietação nessa cabecinha, calma criança! Retornaste aplicando uma overdose... como não?! Pô! Chico Buarque... é Chico hermanos... Viva Chico, para siempre!
Seja bem-vindo!
Pedro